Links às páginas Web anteriores do KKE

As páginas internacionais do KKE mudam gradualmente para um novo formato. Pode encontrar as
versões anteriores das páginas que já estão actualizados (com todo o seu conteúdo) nos links abaixo:

Nota à imprensa do KKE (Partido Comunista da Grécia)

Encontro Comunista Europeu, sobre o 100.º aniversário da Revolução de Outubro

O Encontro Comunista Europeu realizou-se pela décima vez, em Bruxelas, com a participação de 41 partidos comunistas e operários. Foi patrocinado pela delegação do KKE no Parlamento Europeu. Foram discutidas questões importantes relativas à classe operária, aos povos, ao movimento laboral e comunista europeu e internacional e à luta dos comunistas, à luz do importante centésimo aniversário da Revolução de Outubro.


A Revolução de Outubro foi um evento histórico mundial, o mais importante do século XX, que marcou o curso da humanidade. Foi o prenúncio de um novo período histórico, o período da transição do capitalismo para o socialismo. Criou as condições prévias para que direitos sem precedentes dos trabalhadores e dos povos fossem concretizados. Deu ímpeto às lutas dos trabalhadores nos países capitalistas e às suas conquistas. Influenciou decisivamente o desenvolvimento do movimento comunista e operário internacional e a libertação dos povos do jugo colonial. A Grande Revolução de Outubro confirmou a correção da teoria marxista-leninista e do papel dirigente insubstituível do Partido Comunista.


Muitos oradores realçaram que as mudanças contrarrevolucionárias não alteraram o caráter de nossa era. O socialismo permanece oportuno e necessário. Expressou-se, com otimismo, que a barbaridade capitalista não é o futuro da humanidade, que o nosso século será marcado por um novo recrudescimento do movimento revolucionário global e novas revoluções socialistas...


Vários oradores referiram-se às contrarrevoluções, às suas consequências negativas para os povos, às causas, aos erros e desvios que levaram ao derrubamento do socialismo. Observou-se que, ao longo do seu percurso, elementos, categorias e métodos do capitalismo foram introduzidos para resolver problemas existentes e que isto enfraqueceu gradualmente e, no final, minou a construção socialista.


Entre as tarefas mais importantes dos comunistas de hoje está o confronto com a campanha anticomunista da UE, a reposição do conhecimento dos trabalhadores sobre a verdade do socialismo no século XX, sem idealizações, objetiva e liberta das calúnias da burguesia, que se basearam nas catástrofes provocadas pela contrarrevolução.


O capitalismo pode ainda hoje ser forte, mas não é invencível. A crise demonstrou mais intensamente os seus limites históricos. No entanto, o capitalismo também é perigoso na sua fase de crescimento. O crescimento que se seguirá à crise terá como condição prévia a destruição dos direitos dos trabalhadores e dos povos.


As dificuldades na economia capitalista europeia e global agravam as contradições interimperialistas. A competição entre as potências capitalistas está-se a intensificar, assim como dentro das uniões imperialistas, como a UE e a NATO. Os focos de tensão de guerra multiplicam-se e há um perigo crescente de que estes assumam um caráter geral mais vasto.


A saída para a classe operária e os outros estratos populares só é possível no caminho da derrota do poder capitalista e da propriedade privada.


Muitos partidos observaram que esta luta pressupõe o enfraquecimento das várias formas do perigoso reformismo-oportunismo, do chamado Partido da Esquerda Europeia e da “esquerda governamental”, tal como é expressa na Grécia pelo SYRIZA. Realçou-se que as diversas abordagens para gerir o capitalismo não são uma solução alternativa para os povos. A experiência de subordinação à governação burguesa é negativa, independentemente do seu rótulo, tal como o é a experiência da participação ou tolerância com os governos no quadro do capitalismo.


A Revolução de Outubro e as lutas pelo socialismo, no século XX, são uma fonte de importantes experiências e lições que os partidos comunistas e operários podem utilizar, para se tornarem mais eficazes nos seus esforços para reforçar e proporcionar uma orientação de classe ao movimento laboral, para construir a aliança da classe operária com as camadas populares urbanas e rurais pobres, para organizar a luta dos trabalhadores e dos povos contra os monopólios, as suas alianças internacionais e o seu poder, por direitos que correspondam às suas necessidades atuais, pela abolição da exploração.


Se o século XX começou com a grande ofensiva lançada pelo proletariado no “assalto ao céu” e terminou com a sua derrota temporária, o século XXI trará a derrota final e desta vez irreversível do capitalismo e a construção do socialismo-comunismo.


Lista dos Partidos participantes

 

1

Communist Party Of Albania

2

Party Of Labour Of Austria

3

Communist Party Of Belarus

4

Belarusian Communist Party of Workers-Section of the CPSU

5

Communist Party Of Bulgaria

6

Party Of Bulgarian Communists

7

Union Of Communists In Bulgaria

8

New Communist Party Of Britain

9

AKEL

10

Communist Party Of Bohemia & Moravia

11

Communist Party Of Denmark

12

Communist Party In Denmark

13

Communist Party, Denmark

14

Communist Workers Party Of Finland

15

Pole Of Communist Revival In France

16

Revolutionary Party - Communistes

17

Communist Revolutionary Party of France

18

German Communist Party

19

Communist Party of Greece

20

Hungarian Workers' Party

21

Workers' Party of Ireland

22

Communist Party

23

Socialist Party of Latvia

24

Socialist People's Front of Lithuania

25

Communist Party of Luxembourg

26

Communist Party of Malta

27

Communist Party of Norway

28

New Communist Party of The Netherlands

29

Communist Party of Poland

30

Portuguese Communist Party

31

Romanian Socialist Party

32

Communist Workers' Party of Russia

33

Communist Party of The Russian Federation

34

Communist Party of Soviet Union

35

Party of The Communists of Serbia

36

Communist Party of Slovakia

37

Communist Party of The Peoples of Spain

38

Communist Party of Sweden

39

Communist Party of Turkey

40

Communist Party of Ukraine

41

Union of Communists of Ukraine

24.01.2017