Links às páginas Web anteriores do KKE

As páginas internacionais do KKE mudam gradualmente para um novo formato. Pode encontrar as
versões anteriores das páginas que já estão actualizados (com todo o seu conteúdo) nos links abaixo:

A provocatória perseguição judicial ao Presidente da Câmara comunista, Kostas Peletidis, desenvolvida pelos nazis, não teve sucesso

O tribunal de Patras, no passado dia 23 e por unanimidade, considerou inocente o presidente da câmara da cidade, Kostas Peletidis. Tinha sido levado a julgamento porque não cedeu espaço aos assassinos-nazis do Aurora Dourada para propagarem os seus pontos de vista fascistas e espalharem o seu veneno racista, nas eleições parlamentares de 2015. O veredito foi saudado por prolongados aplausos e slogans de milhares de pessoas concentradas fora do tribunal de Patras.

A acusação foi feita após a ação judicial apresentada pelo ex-deputado do nazi Aurora Dourada, porque o presidente da câmara comunista, aplicando a decisão unânime do Conselho Municipal, não facilitou a atividade daquela organização criminosa nazi do Aurora Dourada, cumprindo o seu dever para com o povo. Na verdade, numas condições em que temos o governo de “esquerda” do SYRIZA-ANEL, os mecanismos do Estado burguês tomaram uma posição contra ele. Após a intervenção dos fascistas, estes mecanismos levantaram a questão da legalidade das decisões do Conselho Municipal e do Presidente da Câmara.

Kostas Peletidis, imediatamente depois do tribunal ter emitido o seu veredito, fez a seguinte declaração aos meios de comunicação de massas: “O Presidente da Câmara e o Conselho Municipal continuam a defender consistentemente os interesses do povo. Continuaremos a cumprir o nosso dever, continuaremos a não facilitar a atividade do Aurora Dourada, da sua ideologia nazi, que é a fonte de seu criminoso caráter. Continuamos, com o povo e as suas organizações, que apoiaram as autoridades municipais durante todo este período, a agir para isolar a atividade de uma formação que expressa a mais extrema forma de exploração de classe. E, juntamente com o nosso povo, na luta para que as famílias populares, duramente testadas, até hoje, pelas bárbaras medidas dos governos burgueses, possam respirar”.

Representantes de sindicatos, organizações de massas, presidentes de câmara e conselheiros municipais de toda a Grécia e milhares de trabalhadores mantiveram-se ao lado do prefeito comunista.


24.02.2017